Alunos do CIn-UFPE se destacam em sistemas embarcados na China

sistemas embarcados

Os alunos Caio Moreira Gomes, Lucas Cavalcanti, Michel Júnior, do curso de engenharia da computação do Centro di Informática da Universidade Federal de Pernambuco (CIn-UFPE), conquistaram mais um título internacional na 2018 Intel Cup Undergraduate Electronic Design Contest – Embedded System Design Invitational Contest. A competição de sistemas embarcados aconteceu de 21 a 23 de agosto em Shangai, na China. Eles ficaram em terceiro lugar geral na categoria First Prize Winner, com o projeto Markme-Package Management System.

Das 241 equipes participantes, 164 eram da China e mais 77 de outros países como: Hong Kong SAR, Cingapura, Índia, Brasil e Estados Unidos. Durante os três dias o Expert Group revisou os projetos e propôs um time vencedor da Intel Cup, sendo 13 equipes para o primeiro prêmio, 26 equipes para o segundo prêmio e 59 equipes para o terceiro prêmio.

Dos 13 projetos escolhidos, os estudantes da UFPE ficaram no terceiro lugar geral, abaixo somente da Shanghai Jiao Tong University e da Arizona State University, primeiro e segundo lugar respectivamente como informa a lista. “A Intel Cup China é a fase final da competição de Sistemas Embarcados da Intel, que acontece em Shanghai. Por dois anos, equipes de toda China são selecionadas para esta etapa. Algumas equipes internacionais são convidadas, incluindo nós da UFPE.”, contou com exclusividade ao Blog do Moreira Lucas Cavalcanti.

1st winner prizeNa competição, os alunos tinham que apresentar um projeto de sistemas embarcados em funcionamento. A solução apresentada foi o Markme-Package Management System, um projeto para esteiras de bagagem. “Na primeira etapa, o projeto foi apresentado e demonstrado para um grupo de juízes. Toda noite é liberado uma lista de convocados para demonstrar seus projetos para o próximo dia. E assim fomos demonstrar o nosso projeto no dia 23/07 pela manhã, e a tarde visitamos a Intel de Shanghai antes do jantar de gala”, continua.

“No dia 24, estávamos entre as 13 melhores equipes, uma das quais a grande campeã e as outras que estão no First Winner Prize. Todas apresentaram seus projetos para público externo e para Ministros Chineses. No final da tarde foi feita a cerimônia de premiação com as personalidades chinesas, onde ficamos no 1st Winner Prize e terceiro lugar geral. Ao todo foram 241 equipes”, lembra.

A experiência não tem preço, ainda de acordo com Lucas: “Pudemos aplicar diversos conceitos na prática, conhecemos outras pessoas e suas culturas, sem falar no contato com a Intel e o destaque internacional. Está é terceira participação do CIn e, a cada participação, conseguimos melhorar sua colocação devido às experiências passadas. Assim, o CIn está se firmando na competição, cada vez mais próximo do primeiro ligar”, comemora.

A professora de Sistemas Embarcados do CIn, Edna Barros, foi a instrutora da equipe. “Quero parabenizar os alunos envolvidos e agradecê-los pelo empenho, compromisso, esforço e dedicação que tiveram neste ano para participar da Competição”. Segundo Edna, daqui a dois anos, outras equipes do CIn serão treinadas para participar novamente do evento. “Vamos começar a preparar novas equipes para a competição de 2020”, informa.

Sobre Iúri Moreira 594 Artigos
Jornalista, músico, fotógrafo, marido de Isabela, pai de Arthur, fã dos Beatles e do Iron Maiden. Geek e cinéfilo, também é viciado em seriados e games. Nas horas vagas, pode ser encontrado gravando no homestudio, mexendo na moto, cozinhando ou desmontando algum equipamento eletrônico.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*