Incidência de raios demanda cuidado com equipamentos eletrônicos

Raios

O Brasil é um dos países com pior rede de distribuição de energia elétrica do planeta. Além disso, segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), é a região com maior incidência de raios do mundo – uma média de 50 milhões por ano. Somado ao aumento de chuvas, temporais e raios durante o verão e o início do outono, consumidores e empresas acumulam prejuízos devido a oscilações na rede elétrica, surtos e blackouts que podem provocar falhas, diminuição da vida útil e até mesmo a queima de aparelhos eletrônicos.

Medidas simples, como desligar a TV e a máquina de lavar roupa da tomada até ajudam, mas não são suficientes. Existem opções de produtos e soluções no mercado que, além de trazerem praticidade, oferecem ótimo custo-benefício e proteção redobrada contra descargas e variações da corrente elétrica.

Protetores Eletrônicos – Os protetores eletrônicos, além de multiplicarem o número de tomadas, protegem duplamente equipamentos contra curto-circuito e sobretensão. A eficácia desses equipamentos é verificada, por exemplo, no momento em que a energia elétrica volta, após um apagão, visto que a tensão costuma retornar com picos que podem queimar diversos tipos de aparelhos. Alguns modelos possuem a chave inteligente, que atua semelhante a um disjuntor e que desarma em caso de sobrecarga. Basta aguardar 10 segundos para ligar novamente e manter os equipamentos funcionando.

Nobreaks – Os Nobreaks são aparelhos versáteis e indicados para diferentes cenários: de profissionais que trabalham em home office e gamers a empresas de portes diferentes, agências diversas, restaurantes, indústrias, residências entre outros. Eles atuam como um sistema de alimentação secundário de energia elétrica, que entra em ação alimentando os dispositivos conectados a eles quando há queda de energia. Nessas situações, os equipamentos não desligam e o usuário pode continuar trabalhando, salvar aquele arquivo importante ou até mesmo terminar uma partida de videogame. Utilizar nobreaks junto a modens ou roteadores é uma boa opção para manter a internet ativa em eventuais apagões.

Fontes de alimentação – Além de transformarem a corrente alternada (AC) em corrente contínua (DC), própria para a energização de câmeras, as fontes de alimentação servem como uma última linha de defesa, depois dos nobreaks, contra picos de tensão e instabilidade na corrente. Por isso, a escolha de uma fonte de alimentação de qualidade é fundamental para o bom funcionamento de um sistema de segurança.

Protetores de Surto Elétrico – São dispositivos bivolt e com uma ou duas tomadas de proteção contra surtos elétricos, que protegem os equipamentos contra raios, surtos de tensão e sobrecarga. Eles possuem filtro de linha contra interferências e ruídos, melhoram a qualidade de imagem e áudio dos equipamentos conectados à rede. Também protegem todas as entradas, entre elas o condutor terra, o que proporciona segurança contra choques elétricos. Ideal para residências e escritórios, restaurantes e pequenos negócios, os protetores de surto são acessíveis e de fácil instalação, basta plugar na tomada e conectar os equipamentos desejados a ele.

Investimento – Ter mais comodidade e proteger o patrimônio contra danos provocados por descargas elétricas, variações de energia e apagões requer medidas simples. Essas medidas devem ser pensadas como investimento relativamente baixo, já que permitem proteger equipamentos eletrônicos e redes de CFTV, que, se combinados, chegam a valer milhares de reais. Segurança e proteção devem sempre vir em primeiro lugar.

*Por Maria Helena Garcia é Gerente do Segmento de Nobreaks na Unidade de Energia Intelbras, Graduada em Ciências Econômicas, Pós-Graduada em Planejamento e Gestão de Negócios e possui MBA em Marketing.

Sobre Iúri Moreira 772 Artigos
Jornalista, músico, fotógrafo, pai de Arthur, fã dos Beatles e do Iron Maiden. Geek e cinéfilo, também é viciado em seriados e games. Nas horas vagas, pode ser encontrado gravando no homestudio, mexendo na moto, cozinhando ou desmontando algum equipamento eletrônico.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*