Pesquisa indica que 80% dos brasileiros pretendem gastar menos no Natal

Natal

O Brasil atualmente é o 7º maior mercado consumidor no feriado de Natal do mundo, no entanto, segundo pesquisa de comportamento divulgada pela Ferratum, empresa de empréstimo online sem burocracia, a previsão é de que 80% dos brasileiros em 2019 pretendem gastar menos ou mesmo valor do que gastaram no feriado de festas do ano anterior.

Segundo Guy Levy, diretor geral da empresa que produziu o BARÔMETRO INTERNACIONAL DE NATAL 2019 DA FERRATUM, os números apontam uma cautela do brasileiro em relação aos gastos para essa época, visando aproveitar o 13º salário para quitar dívidas. “O que nossa pesquisa apontou é que, agora, a população está mais atenciosa a um planejamento financeiro e está mais focado em quitar dívidas, o que resulta em um menor poder de gasto nesse mercado de fim de ano, porém, cria situações mais confortáveis para um possível poder de compra no futuro”, afirma o diretor geral da Ferratum Brasil.

Segundo a pesquisa, o Brasil lidera o ranking de países que mais procuram por destinos de viagem com 31% da população, no entanto, viajar não é a prioridade do brasileiro nesta época. Ainda com base nos números divulgados, 23% das pessoas que participaram utilizam seu dinheiro com gastos em geral, 21% com roupas, 12% com viagens para território nacional, 6% para compra de eletrônicos e atividades para as crianças.

Essa é a nona pesquisa produzida e divulgada pela Ferratum, neste ano, foram mais de 23 mil entrevistados. A empresa faz esse estudo com o objetivo de compreender o comportamento do público brasileiro no período de festas de fim de ano em relação a população de outros países. É o terceiro ano que a Ferratum Brasil participa desse projeto.

Sobre Iúri Moreira 756 Artigos
Jornalista, músico, fotógrafo, pai de Arthur, fã dos Beatles e do Iron Maiden. Geek e cinéfilo, também é viciado em seriados e games. Nas horas vagas, pode ser encontrado gravando no homestudio, mexendo na moto, cozinhando ou desmontando algum equipamento eletrônico.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*