Porquin, app desenvolvido no CIn-UFPE, fica no Top50 da Imagine Cup

Porquin

O aplicativo Porquin, desenvolvido na disciplina Projetão do Centro de Informática (CIn) da UFPE, conquistou uma colocação no Top50 mundial no desafio Microsoft Imagine Cup. Esta é uma competição global que desafia estudantes a criar soluções que mudarão o mundo. A Porquin ficou entre mais promissoras Big Ideas do desafio e ganhou U$ 600,00 em créditos Azure para ir para o próximo nível da Imagine Cup. A equipe foi a única da América do Sul a entrar no ranking.

Os alunos responsáveis são Bruno Filho, Mateus Nunes, Matheus de La Rocque e Jailson Dias, de Ciência da Computação do CIn-UFPE; Rogério Santos, Igor Carneiro, João Vicente e Vinícius de Moraes, de Engenharia da Computação do CIn-UFPE e a estudante de Publicidade da UNICAP Karol Oliveira.

A Porquin é uma empresa focada na valorização e conquista de clientes por meio de um serviço de fidelização, projetado para ajudar varejistas que trabalham com moda feminina a estimular e medir o engajamento de consumidores com lojas a partir de mecânicas inovadoras. São elas:

  • Créditos para compras seguintes: o cliente recebe uma parte do valor gasto em suas compras de volta, para usar como descontos em próximas compras na sua loja;
  • Agilidade no conhecimento de novidades da loja: seja através de um filtro por tipo de roupa ou de oferecimento de sugestões de seu interesse, o seu cliente conhece as novidades em primeira mão.

Leia também:

Trabalhos do Voxar Labs/ CIn-UFPE serão publicados internacionalmente

Cinco alunos do CIn-UFPE vão estagiar no Facebook

Professor do CIn-UFPE cria app para economizar a bateria do celular

App desenvolvido no CIn vence competição da Itu-Samsung

 

Sobre Iúri Moreira 577 Artigos
Jornalista, músico, fotógrafo, marido de Isabela, pai de Arthur, fã dos Beatles e do Iron Maiden. Geek e cinéfilo, também é viciado em seriados e games. Nas horas vagas, pode ser encontrado gravando no homestudio, mexendo na moto, cozinhando ou desmontando algum equipamento eletrônico.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*