Porto Digital e Consulado Britânico distribuem R$ 10 mil em hackathon

Porto Digital

Como aproveitar as tecnologias de dados abertos da cidade do Recife com o objetivo de promover soluções para os problemas de mobilidade? Essa é a principal provocação a ser trabalhada no Hackathon “Open Mobility Hack”, que será realizado Porto Digital, o Consulado Britânico – por meio do Foreign & Commonwealth Office (FCO) via Department for International Trade (DIT) e Great Britain and Northern Ireland – e a Prefeitura do Recife, via Instituto Pelópidas Silveira. A maratona irá ocorrer nos dias 1º e 2 de fevereiro no Apolo 235.

Em pouco mais de 30 horas, os participantes – profissionais e estudantes de áreas multidisciplinares como Design, TICs, urbanismo e administração – irão se dividir em equipes para desenvolver protótipos, softwares e outros projetos que possam ser aplicados com o objetivo de facilitar a locomoção dos pedestres, ciclistas, usuários de transportes coletivos, de carros, entre outras formas de circulação urbana.

Ao fim do Hackathon os projetos serão apresentados a uma banca examinadora. A solução de maior aplicabilidade será premiada com R$ 7 mil e uma vaga garantida no Mind The Bizz, programa de incentivo ao empreendedorismo inovador do Porto Digital, CESAR e Sebrae. A segunda solução melhor avaliada receberá um prêmio de R$ 3 mil.

Sobre Iúri Moreira 719 Artigos
Jornalista, músico, fotógrafo, pai de Arthur, fã dos Beatles e do Iron Maiden. Geek e cinéfilo, também é viciado em seriados e games. Nas horas vagas, pode ser encontrado gravando no homestudio, mexendo na moto, cozinhando ou desmontando algum equipamento eletrônico.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*