Projeto de inteligência artificial pernambucano será apresentado em Las Vegas

inteligência artificial

O Urbano Vitalino Advogados foi o primeiro no país a usar uma plataforma de inteligência artificial com objetivo de ter mais agilidade e eficiência nos trabalhos jurídicos. Seu pioneirismo rendeu frutos e os primeiros resultados do Projeto Carol, como é chamado, serão apresentados na Think 2018, conferência promovida anualmente pela IBM. O evento será realizado em Las Vegas, nos Estados Unidos, de 19 a 22 de março. O escritório será representado pelos sócios Bruno Souza e Delmar Siqueira.

A assistente virtual do Urbano Vitalino Advogados é baseada na tecnologia Watson, da IBM. Implantada no fim do ano passado, vem colaborando diretamente com os advogados na busca de informações e no cumprimento de tarefas repetitivas nas áreas de Direito do Consumidor e Trabalhista. Ela tem a capacidade de entender a linguagem humana e de aprender com os feedbacks que recebe da equipe de advogados, com o arquivo histórico de peças e com todas as informações que estão armazenadas no Knox, sistema de gestão integrada do Urbano Vitalino Advogados. Tudo feito com a supervisão de humanos ou por análise estatística.

Atualmente, Carol está automatizando o preenchimento de dados de processos judiciais no sistema do escritório. Os números referentes a essa ação revelam uma mudança positiva em termos de produtividade. Quando a atividade é desenvolvida por pessoas, o preenchimento de dados é feito de forma correta em 75% dos casos. Já quando a tarefa é realizada pela assistente virtual, a taxa de acerto sobe para 95%. O objetivo da implantação da tecnologia foi ganhar mais agilidade e eficiência nos trabalhos jurídicos, além de ampliar a qualidade dos serviços prestados, aumentando a competitividade do escritório no mercado brasileiro.

Em breve, a tecnologia vai colaborar diretamente para a busca de dados – alterações e novas leis, posicionamento de magistrados, precedentes, jurisprudências e decisões judiciais – e ampliará, por exemplo, a capacidade dos advogados na montagem das peças processuais com mais precisão e em menos tempo, e na elaboração da argumentação em defesa dos clientes do escritório.

Algumas atividades que dispendem tempo e custos estão sendo automatizadas e a força de trabalho intelectual dos advogados começou a ser direcionada para atividades mais estratégicas, como preparar as ações, atender e orientar clientes, negociar e defendê-los no tribunal. O Urbano Vitalino Advogados acompanha mais de 100 mil processos de seus clientes de todo o país. A previsão é que Carol esteja operando com plena capacidade até o fim do ano.

Leia também:

Segurança jurídica: cuidado com os dados que você fornece na Internet

Os robôs chegaram: previsões da Inteligência Artificial para 2018

Inteligência artificial – ou seria inteligência aumentada?

 

Sobre Iúri Moreira 577 Artigos
Jornalista, músico, fotógrafo, marido de Isabela, pai de Arthur, fã dos Beatles e do Iron Maiden. Geek e cinéfilo, também é viciado em seriados e games. Nas horas vagas, pode ser encontrado gravando no homestudio, mexendo na moto, cozinhando ou desmontando algum equipamento eletrônico.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*