Recife e Ipojuca são destaques no ranking de cidades mais conectadas

Recife

A cidade do Recife ocupa também a 15ª colocação nacional. Já Ipojuca foi a vencedora no eixo temático Segurança, no Ranking Connected Smart Cities, mais importante estudo do país sobre cidades e que e mapeia todos os 673 municípios com mais de 50 mil habitantes

 

Nos dias 08, 09 e 10 de setembro aconteceu o evento nacional Connected Smart Cities e Mobility Digital Xperience 2020, mais importante iniciativa de cidades e mobilidade do Brasil e que, em função da pandemia da Covid-19, será apresentado no formato 100% virtual e por meio de plataforma dedicada.

Durante a Cerimônia de Abertura do evento, que aconteceu hoje, às 15h, e contou com a participação de autoridades, representantes de empresas e especialistas nacionais e internacionais, foi divulgado o resultado do Ranking Connected Smart Cities 2020. O estudo, elaborado pela Urban Systems, em parceria com a Necta, está na 6ª edição e mapeia todos os 673 municípios com mais de 50 mil habitantes, com o objetivo de definir as cidades com maior potencial de desenvolvimento do Brasil.

O destaque do Norte e Nordeste ficou com o Recife, que manteve a liderança nos conceitos de cidade inteligente e cidade conectada no Nordeste e ainda saltou oito posições, saindo do 23º para o 15º lugar entre todos os 673 municípios do Brasil com mais de 50 mil habitantes. Fazendo o recorte nordestino da pesquisa, após o Recife temos Salvador (BA) e Fortaleza (CE), que aparecem em 27º e 29º, respectivamente.

No Ranking Geral 2020, o destaque foi para a cidade de São Paulo, que atingiu a primeira colocação. O segundo lugar ficou com Florianópolis (SC), seguida por Curitiba (PR), Campinas (SP) e Vitória (ES). Em sexta colocação está São Caetano do Sul (SP); seguida por Santos (SP); Brasília (DF); Porto Alegre (RS); e Belo Horizonte (MG).

A partir da edição 2019, o Ranking incorporou conceitos e novos indicadores baseados na ISO 37122 -Sustainable Cities And Communities – Indicators For Smart Cities, mantendo-se como a melhor referência para comparação e análise de cidades inteligentes no Brasil. O resultado é apresentado em 4 frentes: geral, por eixo temático, por região e por faixa populacional. O estudo é composto por indicadores de 11 principais setores: mobilidade, urbanismo, meio ambiente, tecnologia e inovação, economia, educação, saúde, segurança, empreendedorismo, governança e energia, mesmos eixos temáticos do evento nacional Connected Smart Cities.

“Nesses seis anos de atuação, a Plataforma Connected Smart Cities vem desempenhando papel fundamental junto às empresas, entidades e governos na busca pela inovação, tendo como objetivo fundamental tornar as cidades brasileiras mais inteligentes e conectadas, principalmente no atual momento de pandemia da Covid-19”, comenta a CEO da Necta e idealizadora do Connected Smart Cities e Mobility, Paula Faria.

Para o prefeito do Recife, Geraldo Julio, o resultado do ranking é fruto de uma estratégia de desenvolvimento que envolve a atuação decisiva do poder público e a atuação dos diversos setores da sociedade. “Está na estratégia de futuro do Recife uma cadeia econômica que inclua as pessoas e sua capacidade de criar, inovar e se conectar. Costumo dizer que somos uma cidade sem petróleo, terras para agricultura ou grandes plantas industriais, mas temos na capacidade da nossa gente, nossa maior riqueza e o potencial é enorme “, disse o prefeito.

“Também fizemos uma série de soluções nos serviços públicos e programas da Prefeitura em áreas como Educação, com a Escola do Futuro, a robótica, Mobilidade, invertendo prioridades e incluindo as pessoas, Ciência, Tecnologia e Inovação em parceria com o nosso parque tecnológico, entre tantas outras que consolidaram esse avanço. Um Recife conectado e gerando oportunidades e renda para sua gente sempre foi o objetivo”, concluiu.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Recife, Guila Calheiros, enfatiza a importância do estudo, que leva em conta os impactos econômico, social e ambiental, e dividindo a pesquisa em eixos como Tecnologia e Inovação, Empreendedorismo e Mobilidade.

“O Ranking Connected Smart Cities mapeia o Brasil destacando bons exemplos no desenvolvimento de uma cidade mais moderna. E o mais interessante deste ranking de cidades inteligentes e conectadas é que o processo considera a cidade inteligente como uma cidade sustentável. Uma cidade que pensa e que coloca as pessoas em primeiro lugar, e não apenas a tecnologia. Uma cidade inteligente não é uma cidade que usa intensivamente os recursos tecnológicos, mas que usa a tecnologia em favor das pessoas, pensando em oferecer melhores serviços e qualidade de vida para os cidadãos”, disse.

Entre os eixos nos quais a capital pernambucana se destacou estão o de Empreendedorismo, no qual ocupa a 8ª colocação nacional, Tecnologia e Inovação, conquistando o 11º lugar no ranking, Mobilidade e Acessibilidade, em 9º lugar, e Saúde, 12º.
O eixo de Tecnologia e Inovação cita o grande número de espaços para o desenvolvimento de inovação, sendo 13 incubadoras de empresas e o Porto Digital, e as 43 ligações de internet para cada 100 habitantes como pontos que impulsionaram a boa qualificação no estudo. Recife foi a única cidade de todo o Norte e Nordeste a figurar entre as 20 mais bem colocadas no levantamento.
OS VENCEDORES POR EIXO TEMÁTICO
O primeiro lugar em Urbanismo foi para Curitiba; Mobilidade e Acessibilidade: São Paulo (SP); Meio Ambiente: Santos (SP); Empreendedorismo: Rio de Janeiro (RJ); Economia: Barueri (SP); Tecnologia e Inovação: São Paulo (SP); Saúde: Vitória (ES); Educação: São Caetano do Sul (SP); Segurança: Ipojuca (PE); e Governança: Balneário Camboriú (SC).
Sobre Iúri Moreira 791 Artigos
Jornalista, músico, videomaker, marido de Isabela, pai de Arthur, fã dos Beatles e do Iron Maiden. Geek e cinéfilo, também é viciado em seriados e games. Nas horas vagas, pode ser encontrado gravando no homestudio, mexendo na moto, cozinhando ou desmontando algum equipamento eletrônico. Também fala sobre rock e heavy metal no canal Youtube.com/tomaruma

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*