Startup do Porto Digital selecionada na Chamada ICE-BID

ICE-BID

O Instituto de Cidadania Empresarial (ICE) e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) anunciaram as organizações selecionadas pela Chamada ICE-BID 2018. Entre as escolhidas está a Pickcells, startup incubada no Porto Digital – um dos quatro ambientes de inovação e empreendedorismo do País com empresas selecionadas no processo.

“Nós acreditamos que um tratamento eficaz começa com um diagnóstico preciso. Estamos trabalhando forte para entregarmos exames rápidos, baratos, precisos e com mobilidade. Termos sido selecionados nesta chamada do ICE-BID nos mostra que o nosso propósito está sendo compreendido. É uma grande vitória do nosso time e nos motiva muito mais na nossa jornada”, comemorou o CEO da Pickcells, Paulo Melo. A startup é uma plataforma baseada em visão computacional que permite o diagnóstico automatizado, mais rápido, preciso e eficiente de doenças infecciosas, em tempo real e com baixo custo.

“O Porto Digital dá suporte a empreendimentos inovadores em tecnologia e economia criativa; no correr dos anos, temos notado que boa parte dos novos empreendedores trabalha movida por um propósito maior. Eles e elas querem mudar o mundo para melhor através de suas empresas. A Pickcells é um caso que mostra o real potencial de impacto social de nossas startups e como o Porto Digital pode auxiliá-las em seu caminho de transformação”, afirmou o gerente de empreendedorismo do parque, André Araújo.

A Chamada ICE-BID faz parte de uma parceria entre as duas instituições, por meio do Fundo Multilateral de Investimentos (Fumin), com o objetivo de fortalecer o ambiente de negócios de impacto social no Brasil. A rodada 2018 da chamada destinará R$ 1,6 milhão para apoio aos negócios de impacto socioambiental selecionados e fortalecimento das aceleradoras e incubadoras que apresentaram os empreendimentos.

A Chamada ICE-BID 2018 recebeu 70 inscrições de negócios de impacto, indicados por 26 incubadoras/aceleradoras. No dia 30 de agosto, em São Paulo, os empreendedores apresentaram suas soluções para um Comitê Avaliador formado por: Adriana Barbosa (Feira Preta), Anita Abreu de Fiori (BID), Dario Guarita (Amata), Luciana Aguiar (PNUD), Maria Rita Spina Bueno (Anjos do Brasil), Edson Rigonatti (Astella Investimentos), Gilberto Ribeiro (Vox Capital) e Beto Scretas (ICE).

A decisão do Comitê de selecionar nove negócios considerou a diversidade geográfica, setorial e de gênero do grupo de empreendedores, além de buscar negócios com perfis de risco distintos.

Cada um dos nove negócios selecionados receberá R$ 154.086,00 na forma de empréstimo, que deve ser quitado em até 3 anos, com dois anos de carência. Em contrapartida, deve levantar, em até um ano, valor equivalente ao financiado, em diferentes formatos.

As quatro incubadoras ou aceleradoras que os indicaram receberão um valor equivalente a 15% do valor total disponível para chamada este ano, que foi de R$ 1,6 milhão.

O ICE acompanha a performance econômico-financeira e indicadores de impacto dos negócios durante os 5 anos de vigência do contrato de empréstimo. Como os negócios estão em estágio inicial, o instituto também apoia os empreendedores criando conexões com potenciais mentores e novos investidores.

A chamada anterior, realizada em 2017, selecionou sete negócios. Com os novos negócios selecionados pela chamada de 2018, o portfólio ICE-BID somará 16 negócios de impacto socioambiental, totalizando um volume total de empréstimos de cerca de R$ 3  milhões. Os empreendimentos apoiados atuam nos setores de saúde, educação, habitação, tecnologia para governo, gestão de resíduos, desenvolvimento rural, redução de risco de desastres e inclusão financeira.

A parceria entre BID e ICE, firmada em fevereiro de 2017, destinará, até 2020, o total de R$ 9,3 milhões para investimentos em negócios de impacto social e ambiental, fortalecimento de incubadoras e aceleradoras, suporte na implementação das recomendações estratégicas da Aliança pelos Investimentos e Negócios de Impacto e ações para avançar o campo em universidades brasileiras.

*Via assessoria

Sobre Iúri Moreira 577 Artigos
Jornalista, músico, fotógrafo, marido de Isabela, pai de Arthur, fã dos Beatles e do Iron Maiden. Geek e cinéfilo, também é viciado em seriados e games. Nas horas vagas, pode ser encontrado gravando no homestudio, mexendo na moto, cozinhando ou desmontando algum equipamento eletrônico.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*