Testamos o Gear S3 Frontier, o relógio inteligente da Samsung

Gear S3 Frontier

Smartwatches já não são exatamente uma novidade, estão no mercado há alguns anos oferecendo cada vez mais recursos e funcionalidades. A convite da Samsung, o Blog do Moreira teve a oportunidade de testar dois modelos da marca: o Gear S3 Frontier e o Gear Fit2 Pro (este último ganhará review em breve). Por um valor médio na casa dos R$ 1,7 mil, será que o gadget vale a pena?

Como tudo na vida, existem várias respostas para esta pergunta. Desde o (alto) valor do investimento até funcionalidades e o risco de assalto, tudo depende do perfil do usuário. Analisando friamente, o Gear S3 Frontier é um belo relógio de luxo em aço inoxidável com 4gb de memória interna que muda de “roupa”, possui tela touchscreen, bluetooth, GPS e sensor de batimentos cardíacos, só para começar. Algumas pessoas podem achar o modelo um pouco grande e pesado demais – são 12,9 milímetros de altura e 63g -, mas isso não chegou a ser um incômodo.

O Gear S3 Frontier roda o sistema Tizen e é bem simples e intuitivo de usar: basta fazer o download o aplicativo Gear Manager na loja (Android ou iOS), fazer o pareamento com o telefone e autorizar o dispositivo. Entre as características, a coroa giratória chama a atenção, permitindo aceitar ou recusar uma chamada de voz sem necessariamente tocar na tela do relógio ou tirar o smartphone do bolso, graças ao microfone e alto-falante embutidos. Dois botões laterais também permitem navegar nos menus e aplicativos.

Várias “faces” pré-configuradas podem ser selecionadas, deixando o Gear S3 Frontier como se fosse um relógio diferente ao mudar o layout e as informações contidas no visor. Você também pode customiza-lo e deixa-lo com a sua cara, e até compartilhar com os amigos. Quem gosta de praticar exercícios vai aproveitar bastante o gadget. Entre os sensores estão GPS, barômetro, pressão atmosférica e batimentos cardíacos, fornecendo todo tipo de informação sobre corpo e ambiente.

O relógio conta ainda com funções de SOS e rastreamento de localização, uma boa pedida para alertar a família em situações de risco. Uma vez disparado, o Gear S3 Frontier envia uma mensagem para um contato pré-programado. A funcionalidade de rastreamento de localização ainda permite aos contatos selecionados identificar a posição do usuário em tempo real.

De acordo com a Samsung, a bateria é de longa duração e promete aguentar até quatro dias com uma única carga. Assim, o smartwatch pode ser utilizado para monitorar o sono – é preciso baixar um app dedicado (aplicativos, aliás, são o ponto negativo do gadget: não existem muitos disponíveis). Nos testes, entretanto, foi preciso colocá-lo no carregador antes dos três dias de uso. O motivo, provavelmente, seja o grande volume de notificações recebidas. Mas você pode configurar o Gear Manager para escolher quais notificações deseja receber no pulso, como Whatsapp, Facebook, e-mails e dezenas de outras. Quanto mais notificações, menor será a vida útil da bateria.

Leia também:

Testamos a Sprocket, impressora de bolso para smartphones da HP

Review: Samsung J5 Prime

Confira o teste do novo SUV Peugeot 3008

 

Sobre Iúri Moreira 514 Artigos
Jornalista, músico, fotógrafo, marido de Isabela, pai de Arthur, fã dos Beatles e do Iron Maiden. Geek e cinéfilo, também é viciado em seriados e games. Nas horas vagas, pode ser encontrado gravando no homestudio, mexendo na moto, cozinhando ou desmontando algum equipamento eletrônico.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*